segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Obras de Fernando Spencer no Curta Doze e Meia de setembro


Iniciando sua programação do mês de setembro, o Cineclube Curta Doze e Meia exibe nesta quinta-feira (02) o média-metragem “Paixão de Cinema”. O vídeo inaugura a “Retrospectiva Fernando Spencer” que exibirá durante todo o mês obras da carreira do cineasta pernambucano. Também serão exibidos vídeos que prestam homenagem a esse que é um dos mais produtivos realizadores do Estado. Após a sessão haverá um bate papo com Spencer e outros convidados. As exibições do Curta Doze e Meia ocorrem todas as quintas-feiras no auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife, sempre às 12h30 e entrada gratuita.

Com direção de Marcílio Brandão, o documentário “Paixão de Cinema” é um vasto painel sobre a carreira e a obra de Fernando Spencer. Trechos de filmes do cineasta ilustram e reforçam depoimentos de pesquisadores, jornalistas, produtores, cineastas, atores e amigos que acompanharam ou participaram dos seus projetos. Entre os depoimentos estão os de Geneton Moraes Neto, Mônica Silveira, Paulo Caldas, Lula Cardoso Ayres Filho, Paulo Cunha, Celso Marconi, Severino Dadá, Alexandre Figueroa, entre outros. A obra ainda é uma homenagem ao produtor Genivaldo di Pace, que viabilizou a maioria dos filmes de Spencer.

O Cineclube Curta Doze e Meia é uma realização do Centro Cultural Correios – CCC Recife através da iniciativa de cineclubistas de Pernambuco - que já desenvolvem atividades com exibição de filmes em diferentes regiões do Estado – com o apoio do Coletivo NegoBom e do Ministério da Cultura Representação Regional Nordeste.


Fernando Spencer: Conhecido como "cineasta das três bitolas" (super 8, 16 e 35 mm), Spencer começou sua carreira de cineasta em 1969. Esmiuçar facetas da tradição e do cotidiano de Pernambuco foi a principal meta perseguida pelo jornalista que foi um dos pioneiros do estilo Super Oito de fazer cinema, maioria no formato documentário. Atualmente, o cineasta é um dos Patrimônios Vivos de Pernambuco.


Programação completa: http://curtadozemeia.blogspot.com


Serviço:

Cineclube Curta Doze e Meia

Dias 02, 09, 16, 23 e 30 de setembro de 2010
todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 / (81) 9950-0166
curtadozemeia@gmail.com
http://curtadozemeia.blogspot.com

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Programação do mês de setembro - Retrospectiva Fernando Spencer

As programações do Cineclube Curta Doze e Meia são realizadas a partir de temáticas mensais. Neste mês de setembro realizaremos a “Retrospectiva Fernando Spencer”, exibindo obras da carreira do cineasta pernambucano. Também serão exibidos vídeos que prestam homenagem a um dos mais produtivos realizadores do Estado. As sessões são gratuitas e acontecerão todas as quintas-feiras, às 12h30, no Auditório do Centro Cultural Correios.


Programação: 

Dia 02

Paixão de Cinema, de Marcílio Brandão – 2005 - 56 minutos - Vasto painel sobre a carreira e a obra do mais produtivo cineasta pernambucano, conduzido pelo próprio Spencer. Trechos de seus filmes ilustram e reforçam depoimentos de pesquisadores, jornalistas, produtores, cineastas, atores e amigos que acompanharam ou participaram dos projetos do cineasta. Entre os depoimentos estão os de Geneton Moraes Neto, Mônica Silveira, Paulo Caldas, Lula Cardoso Ayres Filho, Paulo Cunha, Celso Marconi, Severino Dadá, Alexandre Figueroa, entre outros. A obra ainda é uma homenagem ao produtor Genivaldo di Pace, que viabilizou a maioria dos filmes de Fernando Spencer.


Dia 09

Estrelas de celulóide – Fic, 1986 - 17 minutos - Uma visão poética de um chá, reunindo cinco estrelas do Ciclo de Recife: Almery Esteves, Marinha Marrocos, Guiomar Teixeira, Rilda Fernandes e Mazil Jurema, nos anos 1923-1931.

Almeri e Ari: Ciclo do Recife e da Vida – 1981 - 10 min - Documentário sobre o casal Ari Severo e Almeri Esteves, que atuaram nos filmes do Ciclo do Recife, entre eles Aitaré da Praia.

História de amor em 16 quadros por segundo, co-dirigido com Amin Stepple – 1998 - 14 minutos - Os dois principais cineastas do que conhecemos hoje como "O Ciclo do Recife", Ary Severo e Jota Soares (já falecidos), falam sobre a paixão e a aventura do fazer cinema naquele tempo.

Sombras, Adeus – 1984 – 05 minutos - Documentário que sobre cinemas de bairro no Recife que viraram lojas comerciais.


Dia 16

Evocações Nelson Ferreira
, co-dirigido com Flávio Rodrigues – 1987 - 16 minutos - A vida e a obra do maestro e compositor pernambucano Nelson Ferreira, um dos maiores nomes da Música Popular Brasileira.

Trajetória do frevo – 1988 - 08 minutos - Documentário sobre as origens políticas e sociais do frevo a partir do século 19. Com ilustrações do desenhista Antônio Clériston e narração do poeta paraibano Jomard Muniz de Brito.

Capiba, ontem, hoje e sempre – 1984 - 13 minutos – Documentário que aborda a vida do músico, considerado o maior compositor de frevo de Pernambuco.

O Teu Cabelo Não Nega – 2002 – 10 minutos – Vídeo sobre o carnaval e a polêmica envolvendo os Irmãos Valença e a marcha “O teu cabelo não nega”.

Nossos Ursos Camaradas – 2008 - 12 minutos - O curta-metragem mistura documentário e comédia para explicar como o urso polar foi introduzido no carnaval pernambucano, virando sinônimo de um folguedo bastante popular. Numa crítica bem-humorada, o filme trata da simbologia relacionada ao animal, as origens da brincadeira, os desfiles das agremiações e o imaginário popular em torno do tema.


 
(Foto divulgação do filme Nossos Ursos Camaradas)

 
Dia 23

Santa do maracatu
– 1980 - 12 minutos – O documentário mostra as origens negras do maracatu e, como ilustração, utiliza o museu de Dona Santa.

A arte de ser profano – 1999 - 13 minutos - Feito em cima do Velho Xaveco, é um documentário sobre os pastoris não-religiosos de Pernambuco.

Adão foi feito de barro – 1978 - 15 minutos – Documentário sobre a atividade dos ceramistas do Alto do Moura, em Caruaru.

O Menino de Massangana – 1990 – 14 minutos – Documentário sobre Joaquim Nabuco.

As corocas se divertem – Ani, 1977 - 05 minutos


Dia 30

Valente é o galo
– 1974 - 14 minutos – Descreve minuciosamente os procedimentos necessários para a realização das “brigas de galo”, até chegar ao acontecimento em si.

Capibaribe – 1981 - 06 minutos - Documentário poético sobre o Rio Capibaribe e sua importância para os moradores do Recife.

As corocas se divertem – Ani, 1977 - 05 minutos

Recife: Cidade do Zepelim – 1997 – 9 minutos

Labirinto – 1973 - 13 minutos

O bandido da sétima luz, de Paulo Caldas – 1987 – Mistura de documentário e experimentalismo, o curta é uma homenagem ao cineasta Fernando Spencer. Marca a estreia do ator Aramis Trindade e mostra Spencer representando ele mesmo.



Serviço:

Cineclube Curta Doze e Meia

Dias 02, 09, 16, 23 e 30 de setembro de 2010
todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 / (81) 9950-0166
curtadozemeia@gmail.com
http://curtadozemeia.blogspot.com

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Curta Doze e Meia em conversa afiada com o futebol

Encerrando a programação deste mês de agosto com o tema “O Futebol é Paixão Nacional!”, o Cineclube Curta Doze e Meia exibe nesta quinta-feira (26) o longa-metragem nacional “Boleiros, Era uma vez um Futebol”. Após a sessão haverá um bate papo descontraído com o público presente. As exibições do Curta Doze e Meia ocorrem todas as quintas-feiras no auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife, sempre às 12h30 e entrada gratuita.

Com direção de Ugo Giorgetti, o filme “Boleiros, Era uma vez um Futebol” tem como ponto de partida o encontro em um bar de pessoas que foram ligadas ao esporte. Elas costumam se reunir ali para falar sobre jogos, atletas, times e juízes. Dessas conversas surgem lembranças de fatos e personagens insólitos do futebol, num clima de nostalgia debochada. Um dos atores do longa, César Negro, é pernambucano e participou do teste de elenco realizado em Recife. 

O Cineclube Curta Doze e Meia é uma realização do Centro Cultural Correios – CCC Recife através da iniciativa de cineclubistas de Pernambuco - que já desenvolvem atividades com exibição de filmes em diferentes regiões do Estado – com o apoio do Coletivo NegoBom e do Ministério da Cultura Representação Regional Nordeste.


Nossa vinheta: http://www.youtube.com/watch?v=q-d02zUyF_c



Serviço:

Cineclube Curta Doze e Meia

Dias 05, 12, 19 e 26 de agosto de 2010
todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 / (81) 9950-0166
curtadozemeia@gmail.com
http://curtadozemeia.blogspot.com

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Fanatismo mazzaropiano no Curta Doze e Meia

Na próxima quinta-feira (19) o Cineclube Curta Doze e Meia exibirá o longa-metragem nacional “O Corintiano”, com direção de Milton Amaral. Após a sessão haverá um bate papo descontraído com o público presente. As exibições do Curta Doze e Meia ocorrem todas as quintas-feiras no auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife, sempre às 12h30 e entrada gratuita.

Comédia protagonizada pelo grande ator brasileiro Mazzaropi, o filme narra a paixão do brasileiro pelo futebol e a rivalidade histórica entre Corinthians e Palmeiras. Aqui Mazzaropi é ‘Seu’ Manuel, barbeiro fanático pelo Corinthians, capaz de loucuras: andar com um burro preto-e-branco, bater boca com torcedores de times rivais, fazer promessas malucas, orações, sofrer e xingar na arquibancada.

O Cineclube Curta Doze e Meia é uma realização do Centro Cultural Correios – CCC Recife através da iniciativa de cineclubistas de Pernambuco - que já desenvolvem atividades com exibição de filmes em diferentes regiões do Estado – com o apoio do Coletivo NegoBom e do Ministério da Cultura Representação Regional Nordeste.



Nossa vinheta: 
video

Serviço:

Cineclube Curta Doze e Meia

Dias 05, 12, 19 e 26 de agosto de 2010
todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 / (81) 9950-0166
curtadozemeia@gmail.com
http://curtadozemeia.blogspot.com

domingo, 8 de agosto de 2010

Clássico entre Pernambuco e Rio de Janeiro no Curta Doze e Meia


Dando continuidade a programação de agosto que tem como tema “O Futebol é Paixão Nacional!”, na próxima quinta-feira (12) o Cineclube Curta Doze e Meia exibirá os vídeos Dia de Clássico (PE) e Perigo Negro (RJ). Após a sessão haverá um bate papo com Paulo Sano, co-diretor do curta pernambucano. As exibições do Curta Doze e Meia ocorrem todas as quintas-feiras no auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife, sempre às 12h30 e entrada gratuita.

Projeto de conclusão do curso de graduação em Comunicação Social, o documentário Dia de Clássico retrata a cidade de Recife no dia de um dos mais importantes clássicos futebolísticos do Estado (Sport X Náutico). Já o vídeo Perigo Negro, do consagrado cineasta Rogério Sganzerla, é uma ficção que nos mostra a vida de um jogador de futebol a partir do ponto de vista de um cartola.

O Cineclube Curta Doze e Meia é uma realização do Centro Cultural Correios – CCC Recife através da iniciativa de cineclubistas de Pernambuco - que já desenvolvem atividades com exibição de filmes em diferentes regiões do Estado – com o apoio do Coletivo NegoBom e do Ministério da Cultura Representação Regional Nordeste.


Vídeos a serem exibidos:

Dia de Clássico
– PE – 2010 - 23 min - Direção: Paulo Sano e Rafael Travassos - Filme de imagens da cidade no dia de um dos mais importantes clássicos futebolísticos de Pernambuco (Sport X Náutico). Em uma proposta coletiva, os realizadores convidaram quatro fotógrafos para registrarem simultaneamente os acontecimentos do dia da partida, procurando evidenciar sua presença e interferência no ritmo da cidade, sem representações diretas do jogo.

Perigo Negro – RJ – 1992 - 28 min - Direção: Rogério Sganzerla - Ascensão e queda de um jogador de futebol vistas por um torcedor fanático e sua mulher volúvel, deslumbrada pelo cartola Moscosão, que liquida com a carreira do craque.


Nossa vinheta: 

video


Serviço:

Cineclube Curta Doze e Meia

Dias 05, 12, 19 e 26 de agosto de 2010
todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 / (81) 9950-0166
curtadozemeia@gmail.com
http://curtadozemeia.blogspot.com

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Paixão nacional no Cineclube Curta Doze e Meia

Iniciando sua programação do mês de agosto, na próxima quinta-feira (05) o Cineclube Curta Doze e Meia exibirá quatro curtas-metragens da última década e de diferentes Estados. A sessão que tem como tema “O Futebol é Paixão Nacional!” será composta pelos vídeos “A Distração de Ivan”, “Comprometendo a Atuação”, “Izune” e “Os Fiéis”. Após a sessão haverá um bate-papo descontraído com o público presente. As exibições do Curta Doze e Meia ocorrem todas as quintas-feiras no auditório do Centro Cultural Correios – CCC Recife, sempre às 12h30 e entrada gratuita.

O Cineclube Curta Doze e Meia é uma realização do Centro Cultural Correios – CCC Recife através da iniciativa de cineclubistas de Pernambuco - que já desenvolvem atividades com exibição de filmes em diferentes regiões do Estado – com o apoio do Coletivo NegoBom e do Ministério da Cultura Representação Regional Nordeste.


Vídeos a serem exibidos:

A Distração de Ivan – RJ – 2009 - 15 min - Direção: Cavi Borges e Gustavo Melo - Ivan é um menino de 11 anos. Ele vive com a avó no subúrbio do Rio de Janeiro. Em meio ao seu cotidiano de brincadeiras e brigas com os amigos, ele irá amadurecer.
Comprometendo a Atuação – MT – 2006 - 17 min - Direção: Bruno Bini - Wallace é um jogador de futebol com um dilema. Aos dezoito anos, tem a chance de ser convocado para um time de primeira divisão. Mas isso vai depender de muito preparo, muita concentração e nada de sexo antes do jogo.

Izune – RJ – 2004 - 10 min - Direção: Frederico Cardoso - Garoto pensa ter feito contato interplanetário através de sua bola de futebol.

Os Fiéis – SP – 2003 - 16 min - Direção: Danilo Solferini - Três amigos contam as aventuras vividas durante uma famosa partida de futebol. Falam de lembranças, a euforia e a sensação de viverem um momento histórico.


Serviço:

Cineclube Curta Doze e MeiaDias 05, 12, 19 e 26 de agosto de 2010
todas as quintas-feiras do mês, às 12h30
ENTRADA GRATUITA

Auditório do Centro Cultural Correios Recife
Av. Marquês de Olinda, 262 – Bairro do Recife

Informações: (81) 9223-2182 / (81) 9950-0166
curtadozemeia@gmail.com